Campanha de vacinação antirrábica

No decorrer da campanha de profilaxia antirrábica e identificação eletrónica, promovida pela Direção Geral de Alimentação e Veterinária, em Tavira, durante o mês de agosto, foram vacinados 257 canídeos e aplicados 110 microchips.

A ação continua e ocorre, todas as quartas-feiras, entre as 09h00 e as 11h30, nas instalações do Centro de Recolha Oficial de Tavira.

A importância da vacinação:
A raiva é uma zoonose (doença infeciosa transmissível, em condições naturais, dos animais domésticos ou selvagens ao ser humano) e a sua transmissão ocorre quando o ser humano é mordido por um animal infetado.

Em Portugal, a vacinação antirrábica dos cães é obrigatória desde 1925, tendo o país obtido o estatuto de indemnidade oficial de raiva, em 1954, para os humanos e, em 1961, para a população animal na sequência da implementação do Programa Nacional de Luta e Vigilância Epidemiológica da Raiva Animal e Outras Zoonoses (PNLVERAZ) que implicou a vacinação de todos os cães com mais de três meses de idade.

Tags: