Cultura

Exposição “De Triana a Tavira. Cerâmicas sevilhanas dos séculos XIV a XVII” no Núcleo Islâmico

O Museu Municipal de Tavira – Núcleo Islâmico apresenta a exposição “De Triana a Tavira. Cerâmicas sevilhanas dos séculos XIV a XVII”, a qual visa dar a conhecer as relações comerciais entre ambas as cidades.

Desde os seus momentos fundacionais, Tavira atraiu o interesse dos mais variados povos. Este facto deveu-se, em parte, à localização estratégica do seu porto, uma vez que possibilitou a chegada, ao longo dos séculos, de comerciantes, capitais, técnicas e tradições oriundos de diversos pontos da Europa e do Mediterrâneo.

O reconhecimento da sua importância económica, política e social ocorreu, em 1520, aquando da sua elevação a cidade, pelas mãos de D. Manuel I.

A estreita relação comercial entre Tavira e Sevilha possibilitou a chegada ao porto português de um conjunto significativo de cerâmicas, o qual permitiu descobrir os gostos e a capacidade económica dos detentores das peças. Nos últimos anos, muitas são as cerâmicas sevilhanas, retiradas do subsolo tavirense, em resultado de várias intervenções arqueológicas.

A presente exposição está patente, até dia 30 de março de 2022, de terça-feira a sábado, entre as 09h30 e as 16h30.

 

Nota: A abertura e duração da exposição poderão sofrer alterações em virtude da aplicação de eventuais medidas restritivas no âmbito do combate à pandemia COVID-19.